04 de Janeiro de 2017

Origem do Mito: Quebrar Espelho dá Azar

Curiosidades

Esta semana minha mãe quebrou um espelho, que havia descolado de uma caixa que uso para guardar meus brincos.
Enquanto eu só falava para ela não se preocupar pois eu nem usava este espelho, ela comentou: “Puxa, será que vou ter sete anos de azar?”

Mesmo sendo na brincadeira, logo pensamos… de onde será que veio este medo de se quebrar espelhos?
E quem o associou com sete anos de azar?

De onde será que veio este medo de se quebrar espelhos? E quem o associou com sete anos de azar? http://petitandy.comfoto de autoria própria

Se você for pesquisar a origem deste mito vai achar a resposta em duas partes.

A primeira aparenta ter tido origem na Grécia.
Os gregos davam muita importância ao reflexo, tendo até métodos de previsão sobre o futuro refletindo a imagem de uma pessoa em um copo ou tigela com água. Ferir este reflexo seria como ferir a alma da própria pessoa.

Também existe a lenda grega de Narciso, um homem tão belo e tão egoísta, que se apaixonou por seu próprio reflexo em um rio e acabou morrendo de fome por não deixar de se admirar nem para se alimentar.

A parte dos sete anos de azar provavelmente foi somada pelos romanos, que acreditavam que a vida seguia ciclos que se renovavam a cada sete anos. Por isso, se algo ruim acontecesse seria necessário esperar que o ciclo de sete anos se acabasse para poder se livrar do azar.

De onde será que veio este medo de se quebrar espelhos? E quem o associou com sete anos de azar? http://petitandy.comfoto de autoria própria

Em minhas pesquisas achei uma segunda explicação possível que parece ser bem menos aceita, mas para mim faz mais sentido…

Por muitas décadas os espelhos eram extremamente caros e de difícil aquisição, o que acabava indicando um status de seus possuidores.
Para evitar que seus empregados os quebrassem ou trincassem durante seus afazeres diários, muitos de seus donos acabaram incentivando seus empregados a acreditarem que teriam suas almas presas caso quebrassem os espelhos.

Mas e você? Em qual você acredita mais?

Clique aqui para salvar este post no Pinterest

Andréia Campos
Escreva seu Comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui
6 comentários
  1. Que legal, Andy! Não conhecia essa origem (só a história do Narcismo mesmo, mas essa é super conhecida por quem ama mitologia hehe). Acho que a dos donos de espelhos tem mais sentido, justamente por pegar no bolso :P

    Beijo!

  2. Que interessante, EU SABIA SÓ DA HISTÓRIA DO NARCISO, ADOREI OS CONTEÚDOS DO SEU BLOG <3 COLOQUEI ELE NA TELA INICIAL DO MEU CELULAR HAHA. PARABÉNS BEIJOS!
    http://ponyrandom.blogspot.com.br/

  3. Nossa, que interessante. =] Também acho que a segunda teoria faça bastante sentido. Nunca liguei tanto para essas coisas por causa daquela história que gato preto é sinal de azar. Não concordava com isso, achava um absurdo um animalzinho ser sinal de azar só porque era preto. Aí acabei não ligando muito para as outras coisas como passar debaixo de uma escada, quebrar o espelho… Mas mesmo assim sempre acho muito interessante conhecer a origem disso tudo. ^^ O legal é que um acontecimento em sua rotina acabou sendo motivo para o surgimento de uma postagem super interessante. =]
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    • Obrigada Dé :)
      Pois é, eu também acho absurdo estas relações, mas acho interessante demais entender a origem delas.
      Normalmente vem de falta de explicação para alguma coisa, e que nem imaginávamos que um dia foi assim, e é por isso que é tão legal, né? :)

Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!