01 de janeiro de 2018

O presente de 2017

Rotina

Quais foram os seus presentes em 2017?

Os meus foram riquíssimos!

O que você fez das 365 oportunidades que 2018 te deu? http://petitandy.comOrigem da Imagem

É costume a gente olhar pra trás e tentar avaliar o ano que se passou.

Nessa reflexão percebi que meus sentimentos com relação a 2017 são confusos.
Parece que tanta coisa aconteceu este ano… tanta coisa mudou, tanta coisa começou e tanta coisa terminou.
É claro que nem todas as mudanças foram desejadas, mas independente de quais sejam, pelo menos significam que estamos em movimento.

Estar em movimento é sempre positivo!

O que você fez das 365 oportunidades que 2018 te deu? http://petitandy.comOrigem da Imagem

O ano se iniciou com uma Andréia e se encerra com outra… com uma Andréia “temporária”, de passagem, aguardando a versão final ficar pronta.
Assim como tantos projetos, estou naquela fase da construção em que a fundação já está sólida, as coisas começam a tomar forma, mas ainda parece tudo tão estranho que não conseguimos entender como aquela bagunça vai dar certo no final.

Me sinto borbulhando por dentro, revisitando cada coisa dentro de mim…. e isso é ótimo!

O que você fez das 365 oportunidades que 2018 te deu? http://petitandy.comOrigem da Imagem

Há alguns anos que meu auto-conhecimento é relativamente vasto. Não me é difícil perceber o que é meu, a minha base, minha essência.
Mas foi preciso revisitar minhas vivências para conseguir ver que estive imersa em coisas que não são compatíveis comigo.

Se sua essência não é compatível com algo, não importa o quanto você busque, as coisas simplesmente não encaixam. É o famoso “nadar contra a correnteza”.
E não estou falando de coisas “ruins” apenas. Às vezes até coisas que são muito legais simplesmente não são para nós… e tudo bem!
Quando algo te fizer feliz sem doer, sem ser sofrido, sem ter de mudar quem você é… você vai saber que encontrou.

Ser feliz com as coisas que fazem de você quem você é.O que você fez das 365 oportunidades que 2018 te deu? http://petitandy.com

Origem da Imagem

Com tudo isso, posso dizer que meu presente de 2017 é esperança.
Esperança e curiosidade de um caminho que parece cada vez mais certo para mim.

 

E você, o que você fez das 365 oportunidades que 2017 te deu?
Estou torcendo para que os seus presentes tenham sido ricos como o meu!

Andréia Campos
30 de junho de 2017

Os Miseráveis – O Musical

Rotina

No mês de Junho tive a oportunidade de ver o o musical “Os Miseráveis“, no teatro Renault (ex teatro Abril).

Inspirado no romance do francês Victor Hugo escrito no século 19, a peça da Broadway repaginada (em 2010) para comemorar os 25 anos do musical chegou ao Brasil este ano.
E a equipe brasileira não perde em nada para a original!

A peça da Brodway "Os Miseráveis" chegou no Brasil e tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão, mas não para por aí! http://petitandy.com

A História

O clássico da literatura mundial, dispensa apresentações!

“Os Miseráveis” se passa na França do século XIX (dezenove), uma época de muita fome e miséria.
É neste cenário que conhecemos a história de Jean Valjean: um homem condenado por roubar um pão para sua irmã e seus sete sobrinhos que estavam literalmente morrendo de fome… e penas adicionais por várias tentativas de fuga.

Eventualmente Jean Valjean consegue o direito a condicional, porém o preconceito da sociedade o pressiona a fugir, quebrando sua condicional. Este fato faz com que Javert, o inspetor mais leal da polícia, jure capturar novamente seu prisioneiro… o que faz com que passe sua vida em busca de Jean Valjean.

Em meio a esta perseguição conhecemos outros personagens como Fantine, Cosette, Eponine, entre outros.

A história se trata de amor, redenção, perdão, compaixão, coragem, força, ética e valores, para dizer o mínimo.

A peça da Brodway "Os Miseráveis" chegou no Brasil e tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão, mas não para por aí! http://petitandy.com

A Peça

A peça tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão: cenários altamente elaborados, música perfeita, luzes e efeitos mágicos com uma orquestra dos sonhos… mas não para por aí!

De acordo com o próprio diretor da peça, este é “um musical mais fílmico, dentro dos limites do teatro“.
Talvez esta declaração pareça um pouco estranha para quem não viu a peça, mas acredite: é a descrição perfeita!

Este é o primeiro musical em que vejo o painel de fundo ser utilizado como recurso cinematográfico, dando dinamismo para as cenas, e acrescentando pontos de vista que antes seriam quase impossíveis de se obter. E acredite, esta experiência vale o preço (salgado) do ingresso!

Músicas como “I Dreamed a Dream“, “Bring Him Home“, “On My Own“, “One Day More” e “Stars“, facilmente reconhecidas mesmo por quem não é fã de musicas, foram perfeitamente adaptadas para o português!

A atuação e interpretação das músicas, ficam por conta do Daniel Diges (Jean Valjean), Nando Pradho (Javert), Kacau Gomes (Fantine), Laura Lobo (Eponine), entre outros.

Em resumo, a peça é maravilhosa!!!!! (não consigo colocar exclamações o suficientes para mostrar minha satisfação)
Quem tiver a oportunidade, não deixe de ir!

Andréia Campos
02 de janeiro de 2017

Finalmente 2017

Rotina

Na contra-mão da humanidade, este ano até que não foi ruim para mim, viu? Mas é claro que poderia ter sido melhor... htttp://petitandy.com

2016 finalmente acabou!
E que ano maluco, vamos combinar…

Muita gente separando, muita polêmica, muita briga, muitas mortes… realmente foi um ano pesado, mas eu não posso reclamar!

Como foi?

Na contra-mão da humanidade, este ano até que não foi ruim para mim, viu?
Mas é claro que poderia ter sido melhor…

Se ignorarmos o emprego não alcançado, a vida pessoal foi muito bem.
Minha impressão é que consegui amadurecer em algumas questões. Pude me sentir plena apesar das adversidades, me entender mais. Foi um ano mais calmo emocionalmente, e minha saúde agradece!

Mas se tem algo que eu tenho que agradecer em 2016, foram as amizades!
Nos conhecemos por causa do blog, descobrimos afinidades infinitas, e quando percebi elas tomaram um espaço importante no meu coração!
AnaCamila, Cíntia, Clayci, Hannah, Ka, Kat, Marcela, Mariah, Nicolle, Paty, Stephanie, Tais, Thaisa, Vanessa : Minhas Gatas Geeks!

E o blog?

O blog foi minha maior conquista de 2016, mas não do modo que você provavelmente está pensando.
Eu não lucrei financeiramente com ele, mas o blog me proporcionou muita coisa além das amigas lindas que citei acima.

Pesquisei muito, li muito e conversei muito sobre blog. Aprendi, testei, melhorei e inventei.
Conhecimento tem valor inestimável, e isso posso dizer que 2016 foi recheado! Me sinto vencedora só de ver o quanto aprendi e até o quanto eu evolui com o blog.

O que esperar?

Como vocês viram no meu post de presentes de natal este ano, ganhei uma câmera fotográfica! UHU
É claro que ela tem tudo a ver com meus planos para o blog este ano… dá uma olhada nos meus objetivos:

  • Periodicidade: 3 posts por semana (segunda, quarta, sexta)
  • Fotos melhores: mais fotos autorais, e melhores
  • Resenhas de produtos: vocês costumam curtir quando falo sobre cosméticos por aqui, então vamos fazer mais!
  • Looks do dia: outra coisa que costuma fazer sucesso por aqui (haha) então vou aumentar a frequência.

Se tem mais algum tipo de conteúdo do blog que você gosta e queria que tivesse mais, por favor deixe nos comentários (deste post ou do post que você gostou), assim eu posso saber qual o tipo vocês querem ler!

 

Agora que você sabe meus objetivos de 2017, me conta um pouquinho dos seus!

Clique aqui para salvar este post no Pinterest

Andréia Campos
Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!