15 de fevereiro de 2017

Origem: Gênio da Lâmpada

Curiosidades

Ao contrário do Gênio representado pela Disney, eles se apresentam com uma aparência humana e possuem as mesmas necessidades que nós, porém sem as nossas limitações físicas.
Se você encontrasse um Gênio, dificilmente esta seria uma boa experiência…

De acordo com as crenças pré-islâmicas, se você encontrasse um Gênio, dificilmente esta seria uma boa experiência... http://petitandy.comOrigem da Imagem

De acordo com as crenças pré-islâmicas os Gênios foram criados de ar e fogo, 2.000 anos antes de Adão.
Vistos como eternos e imortais, eles eram criaturas extremamente fortes e astuciosas que possuíam grande destaque no paraíso (logo abaixo dos anjos).

Os Gênios teriam sido incentivados por seu líder a recusarem fazer reverências a mais nova criação divina: o homem. Como punição, todos os gênios foram expulsos do paraíso.
Embora vivam em um mundo paralelo, eles podem ir e voltar a Terra livremente.

Gênios também poderiam se tornar invisíveis quando desejassem, e utilizavam esta habilidade para sua diversão.
Comumente responsabilizados por doenças e acidentes, eles punem humanos por ações que não julgassem corretas.

Também se dizia que os Gênios ajudam quando a humanidade precisa de ajuda… mas provavelmente apenas quando isso fosse conveniente aos seus interesses.

O próprio Maomé revelou que ao escutar as revelações do anjo Gabriel sobre os ensinamentos de Deus (que posteriormente seriam reunidos no Alcorão), inicialmente teve receio de ser algum Gênio brincando com ele.

De acordo com as crenças pré-islâmicas, se você encontrasse um Gênio, dificilmente esta seria uma boa experiência... http://petitandy.comOrigem da Imagem

Após a revelação do Alcorão, a visão que se tem dos Gênios é então alterada.

Deus informa a Maomé que alguns Gênios são bons e outros são maus, pois possuem o mesmo livre arbítrio que os humanos. Assim como nós, se seguirem o Islam também poderão se salvar.
Também diz que Satã jamais foi um anjo… sendo na verdade um Gênio que foi expulso ao questionar a palavra divina.

Gênios só se tornaram populares no ocidente em 1704, quando Antoine Galland traduziu a obra das Mil e Uma noites para o francês, e então a transformando em um clássico mundial.

Foi apenas com a reinterpretação do conto de Aladim feita pela Disney que gênios ganharam uma visão mais positiva perante o público.

Clique aqui para salvar este post no Pinterest

Andréia Campos
27 de janeiro de 2016

Filme: Alice e o Novo País das Maravilhas

Filmes / Seriados / Livros

Alice no País das Maravilhas.

Quase todo mundo adora, certo?
Talvez por isso existam milhares de versões não-oficiais do filme e do livro… e eu nunca gosto de nenhuma! Ou não gostava até conhecer esta versão.

Se você já estiver cansado de versões alternativas ruins, esta irá te surpreender. A começar pela própria Alice, uma jovem (morena) lutadora de jiu-jitsu que ganha  a vida dando aulas de defesa-pessoal para mulheres.

Apesar de ter um problema para lidar com o sexo oposto, Alice está prestes a apresentar seu noivo para sua mãe… se não fosse por ele ter sumido repentinamente!
A moça resolve investigar. Encontra e persegue o sequestrador, um homem de branco (versão para o coelho), até o outro lado do espelho… e é aqui que tudo começa.

O mundo de dentro do espelho é uma critica pesada a nossa realidade.

Em uma versão quase que pós-apocalíptica do País das Maravilhas, onde se faz de tudo para se sentir novas emoções. Descobre um mercado negro, onde pessoas (humanos) são sequestrados e tem suas emoções sugadas para serem revendidas… praticamente como uma droga.

O coelho, o gato Cheshire, e até o Chapeleiro. Todos estão representados de maneira muito fora do que você pode imaginar.

Alice e o Novo País das Maravilhas foi originalmente feito pelo canal SyFy para ser uma minissérie.
Seu nome era apenas Alice, e foi produzido para ter apenas dois episódios de mais de uma hora cada, mas acho que perceberam que o programa teve uma densidade sensacional, e resolveram transformá-lo em um filme.

Infelizmente nem o seriado nem o filme fizeram o sucesso que mereciam, mas credito muito deste fato ao pré-conceito de pessoas como eu sobre as variações da história original.

Mesmo sem poder dar muitas informações, para não estragar a história, espero que tenha ficado claro que esta é uma versão bem alternativa da história.
A versão não chega a ser pesada, mas é impactante e bem reflexiva.

Eu não considero um filme para crianças, mas é um filme muito bom para “adultos” querendo algo diferente.

Andréia Campos
30 de novembro de 2015

Princesas da Disney de Cabelo Colorido

Rotina

Cabelos coloridos estão super na moda.
Eles ficam tão lindos que até as princesas da Disney resolveram repaginar o visual!

Petit, Andy, Petit Andy, petitandy, Andréia, Andreia, Campos, Andreia Campos, Andréia Campos, blog, blogueira, moda, estilo, maquiagem, make, makeup, olhos, unhas, unha, olho, cabelo, cabelos, cremes, creme, colorido, coloridos, cabelos coloridos, cuidado, cuidados, beleza, como, resenha, avaliação, avaliacao, brasil, brazil, Disney, princesa, princesas*Não sei de quem é a autoria das fotos. Caso saiba, por favor me deixe um recado!

 

Na minha opinião a Bela como loira ficou quase irreconhecível! E a Ariel envelheceu com o cabelo lilás…
Minha favorita nesta versão ficou sendo a Jasmin. O tom de azul combinou com tudo nela!

E vocês, aprovaram o novo look das princesas?

Andréia Campos
Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!