15 de junho de 2016

Seriado: Torchwood (resenha)

Filmes / Seriados / Livros

Quem gosta de Doctor Who já escutou falar de Torchwood.
E se você não gosta, mas curte uma ficção científica com muitos aliens, você deveria dar uma chance.

São apenas 4 temporadas, mas são intensas o suficiente para deixarem um gostinho de quero mais.

resenha, resumo, filme, serie, seriado, doctor, doctor who, spin off, spin-off, torchwood, seriado torchwood, jack, jack Harkness, face of boe, criativo, vídeo, video, youtube, canal , novidade, novo, fofo, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos, just lia, chata de galocha, karol pinheiro, coisas de diva, 2beauty, taciele alcolea, niina secrets, evelyn regly

Por ser um spin-off de Doctor Who, a série não tinha muitas opções a não ser apresentar quase que um universo paralelo onde a humanidade já tem conhecimento sobre a existência de vida alienígena, mas ainda assim praticamente sem nenhuma familiaridade sobre eles.
Para completar, a grande maioria da população acredita que o que tudo não passa de uma grande confusão e extraterrestres não existem.

A função de Torchwood como agência governamental é procurar artefatos e vida alienígenas que possam estar na Terra, e cuidar para que permaneçam seguros, bem como aprender mais sobre a tecnologia extra-terrestre e tentar usá-la em nosso benefício quando necessário.

resenha, resumo, filme, serie, seriado, doctor, doctor who, spin off, spin-off, torchwood, seriado torchwood, jack, jack Harkness, face of boe, criativo, vídeo, video, youtube, canal , novidade, novo, fofo, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos, just lia, chata de galocha, karol pinheiro, coisas de diva, 2beauty, taciele alcolea, niina secrets, evelyn regly

A equipe é liderada pelo Capitão Jack Harkness, conhecido intergalaticamente por sua beleza e pelo seu charme.
Aliás, sua fama traz o seriado para um lado mais sensual e até sexual do que a série de onde se originou, o que será a maior diferença entre os dois seriados: ao contrário de Doctor Who, Torchwood é voltado para o público adulto.

Apesar de ser muito mais contido do que em Doctor Who (onde o capitão flerta com qualquer um que aparecer em sua frente), em Torchwood as cenas são mais explícitas.
Este é outro ponto que faz do personagem um marco. Jack Harkness é o primeiro personagem a sentir atração por pessoas de diferentes sexos ou identidade de gênero… aliás, Jack não liga nem se a pessoa é humana ou um alienígena daqueles bem estranhos… eu acho engraçadíssimo!

resenha, resumo, filme, serie, seriado, doctor, doctor who, spin off, spin-off, torchwood, seriado torchwood, jack, jack Harkness, face of boe, criativo, vídeo, video, youtube, canal , novidade, novo, fofo, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos, just lia, chata de galocha, karol pinheiro, coisas de diva, 2beauty, taciele alcolea, niina secrets, evelyn regly

Estive procurando a opinião dos especialistas para ver o que eles acharam da série e saber se minha opinião faz sentido.
Parece ser um consenso geral de que a primeira e a segunda temporada são muito boas. Eu tive a mesma impressão… os episódios passam voando!

São nas duas ultimas temporadas que tenho um pouco de divergência com os críticos… eles amaram a terceira temporada. Vi grandes criticas e imensos elogios para os episódios, um chegou até a dizer que era uma obra de arte. Sinceramente? Não achei nada demais… gostei mais das duas temporadas anteriores, hahaha.

Agora a quarta temporada… gente, eu amei! Achei de uma profundidade incrível!
A cada episódio eu me questionava sobre a sociedade em que vivemos, nossa ética, nossa falsa moral… nossos sistemas tão fágeis. Fiz altos questionamentos!
Infelizmente vi que a critica não gostou muito. Achou uma grande queda de qualidade para o anterior, e eu ainda procuro entender onde eles viram isso….

Se você assistir, por favor não esquece de comentar para me contar o que achou!

resenha, resumo, filme, serie, seriado, doctor, doctor who, spin off, spin-off, torchwood, seriado torchwood, jack, jack Harkness, face of boe, criativo, vídeo, video, youtube, canal , novidade, novo, fofo, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos, just lia, chata de galocha, karol pinheiro, coisas de diva, 2beauty, taciele alcolea, niina secrets, evelyn regly

Não falarei mais sobre os outros personagens ou mesmo sobre o Jack para não dar spoilers, mas se nada disso te convenceu a assistir Torchwood, talvez você se interesse ao saber que o instituto foi criado pela rainha Vitória (oi?)  no segundo episódio da segunda temporada de Doctor Who.

Que tal dar uma chance agora?

*Curiosidade: você sabia que Torchwood é na verdade um anagrama para “Doctor Who”? A palavra era utilizada para despistar os curiosos e evitar que os episódios vazassem antes da hora.

Andréia Campos
18 de maio de 2016

Filme: O Discurso do Rei (resenha)

Filmes / Seriados / Livros

O Discurso do Rei é inspirado na história real do rei da Inglaterra, Jorge VI.

O filme chegou a ganhar 4 Oscars, incluindo o de melhor filme… mas na minha opinião a declaração mais legal é a da própria rainha Elizabeth II, que disse ter ficado “emocionada” pela representação feita de seu pai.

filme, filme, biografia, real, reais, fatos reais, baseado, família real, Inglaterra, Inglesa, rei, rainha, discurso, discurso do rei, resenha, resumo, sinopse, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos

Resenha

Gago desde os 4 anos, o príncipe Albert (Duque de York) sempre foi encorajado pela família a procurar especialistas que pudessem curar sua gagueira, mas sem nunca obter sucesso.

Como seu irmão David é mais velho, ele seria o herdeiro natural do trono, o que permitiu com que Albert ficasse um pouco mais distante do público… até um dia onde o príncipe é obrigado a representar a família em um discurso de encerramento da British Empire Exhibition (em 1925) no Estádio de Wembley.

Sua esposa decide ajudá-lo e encontra Lionel Logue, um terapeuta australiano vivendo em Londres. Suas técnicas não são convencionais, portanto, Elizabeth (esposa do príncipe) decide que seria interessante que tentassem.

Logo no primeiro dia Albert tem de ler um monólogo de Shakespeare enquanto escuta Mozart com fones de ouvido, mas desiste após apenas algumas linhas por não acreditar no resultado.
Após retornar ao palácio sua esposa resolve escutar a fita onde Lionel havia gravado a sessão, e percebem que Albert não havia gaguejado durante a leitura.

Relutantemente, Albert retorna para suas sessões e aos poucos Lionel se torna um grande amigo e confidente.

Quando seu irmão David sobe ao trono como Rei Eduardo VIII é visível que não liga para suas novas obrigações, estando sempre ausente.

Durante suas ausências era comum que o rei estivesse com Wallis Simpson, uma americana que já havia se divorciado duas vezes.
Quando David anuncia suas intenções de se casar com a americana, Albert o confronta relembrando que isso causaria uma crise constitucional no seu reinado.
Irritado pelo posicionamento do irmão, o rei Eduardo VIII o acusa de estar tentando roubar o trono e que suas sessões com Lionel seria uma preparação para quando conseguisse.

Eventualmente David abdica do trono para poder morar com Wallis, tornando seu irmão Albert o rei Jorge VI.

Com o reinado em suas mãos, Albert precisa de Lionel mais do que nunca para conseguir se comunicar com seu povo através da nova e crescente mídia: o rádio.
E como se ainda não fosse o bastante, o novo rei precisa convencer os ingleses, cansados da Primeira Guerra Mundial, a apoiarem sua decisão e declarar a Segunda Guerra Mundial.

filme, filme, biografia, real, reais, fatos reais, baseado, família real, Inglaterra, Inglesa, rei, rainha, discurso, discurso do rei, resenha, resumo, sinopse, pequeno, pequena, atual, jovem, jovens, mulheres, garota, garotas, irreverente, descolada, criativa, online, são paulo, brasil, sao paulo, loja, fashion, fashionista, Brasil, Brazil, jovem, dica, dicas , estilo, moda, estilosa, lojas, petit, andy, blog, blogueira, moda blogueira, blogueira de moda, blog de moda, como ser blogueira, estilo, estilosa, blog de estilo, blogueira estilosa, blog moderno, blogueira moderna, blogueira famosa, blogueira são paulo, blogueira sao paulo, blogueira paulista, blogueira paulistana, blog de beleza, beleza, blogueira de beleza, cosméticos, cosmeticos, são paulo, sao paulo, paulista, paulistana, petitandy, Petit Andy, petitandy.com, Andréia, Andreia, Campos, Andréia Campos, Andreia Campos

Conclusão

Primeiramente, você precisa saber: contei o mínimo que consegui até chegar na parte onde Albert assume o trono, pois para mim é aí que entra o climax do filme.
Também deixei vários detalhes interessantes de fora para você se surpreender, caso ainda não tenha visto… mas foi bem difícil, viu? Dá vontade de contar tudo, haha!

Finalmente falando da minha impressão sobre o filme: ele ganhou 4 Oscars – incluindo o de melhor filme, isso já nos diz alguma coisa, não é?

Se tem uma coisa que eu acho importante em filmes bibliográficos, históricos e todos os filmes que falam sobre fatos reais é que eles tem que se manterem fiéis aos fatos!
Parece óbvio? Mas acredite, não é…

Muitos filmes/seriados/livros acabam inventando coisas para deixar a história “mais interessante” e inventam pessoas, acontecimentos e as vezes até dão um rumo totalmente diferente a história.
Este filme é bem fiel aos fatos, sem se preocupar em passar a imagem de que a família real era perfeita e mostrando uma família verdadeira, com desentendimento entre irmãos e inseguranças.

A atuação do Colin Firth está impecável! Ele transmite uma insegurança profunda disfarçada por uma máscara de arrogância e rigidez muito real.
Quando a própria rainha da Inglaterra elogia sua atuação, acho que você não tem muito o que falar, não é?

A querida da Helena  Bonham Carter interpreta a esposa do rei, e ao contrário do que estamos acostumados, ela faz uma mulher clássica, contida e discreta, mostrando pra sociedade que ela é atriz suficiente para todos os papéis.

E Goeffrey Rush, que eu achei maravilhoso em sua ceticidade para consequir quebrar as barreiras de Albert.

Não vou dizer muito mais para não estragar, mas assistam… vale muito a pena pela história, e para entender que se nem a família real é perfeita e até um rei tem tantas inseguranças, quem somos nós para nos colocarmos esta pressão, não é?

Andréia Campos
06 de abril de 2016

Resenha: A Menina Submersa (vídeo)

Filmes / Seriados / Livros

Os vídeos saem no canal uma semana antes de serem compartilhados aqui no blog.
Então se você quer se manter atualizado,inscreva-se!

Se você gostou do vídeo, por favor curta o vídeo e se inscreva no canal!
Só assim eu posso saber que vocês querem mais vídeos deste tipo.

Canal: https://www.youtube.com/c/Petitandyblog
Alerta_Não-Comercial http://petitandy.com

Andréia Campos
Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!