30 de junho de 2017

Os Miseráveis – O Musical

Rotina

No mês de Junho tive a oportunidade de ver o o musical “Os Miseráveis“, no teatro Renault (ex teatro Abril).

Inspirado no romance do francês Victor Hugo escrito no século 19, a peça da Broadway repaginada (em 2010) para comemorar os 25 anos do musical chegou ao Brasil este ano.
E a equipe brasileira não perde em nada para a original!

A peça da Brodway "Os Miseráveis" chegou no Brasil e tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão, mas não para por aí! http://petitandy.com

A História

O clássico da literatura mundial, dispensa apresentações!

“Os Miseráveis” se passa na França do século XIX (dezenove), uma época de muita fome e miséria.
É neste cenário que conhecemos a história de Jean Valjean: um homem condenado por roubar um pão para sua irmã e seus sete sobrinhos que estavam literalmente morrendo de fome… e penas adicionais por várias tentativas de fuga.

Eventualmente Jean Valjean consegue o direito a condicional, porém o preconceito da sociedade o pressiona a fugir, quebrando sua condicional. Este fato faz com que Javert, o inspetor mais leal da polícia, jure capturar novamente seu prisioneiro… o que faz com que passe sua vida em busca de Jean Valjean.

Em meio a esta perseguição conhecemos outros personagens como Fantine, Cosette, Eponine, entre outros.

A história se trata de amor, redenção, perdão, compaixão, coragem, força, ética e valores, para dizer o mínimo.

A peça da Brodway "Os Miseráveis" chegou no Brasil e tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão, mas não para por aí! http://petitandy.com

A Peça

A peça tem tudo que é esperado em um musical de alto padrão: cenários altamente elaborados, música perfeita, luzes e efeitos mágicos com uma orquestra dos sonhos… mas não para por aí!

De acordo com o próprio diretor da peça, este é “um musical mais fílmico, dentro dos limites do teatro“.
Talvez esta declaração pareça um pouco estranha para quem não viu a peça, mas acredite: é a descrição perfeita!

Este é o primeiro musical em que vejo o painel de fundo ser utilizado como recurso cinematográfico, dando dinamismo para as cenas, e acrescentando pontos de vista que antes seriam quase impossíveis de se obter. E acredite, esta experiência vale o preço (salgado) do ingresso!

Músicas como “I Dreamed a Dream“, “Bring Him Home“, “On My Own“, “One Day More” e “Stars“, facilmente reconhecidas mesmo por quem não é fã de musicas, foram perfeitamente adaptadas para o português!

A atuação e interpretação das músicas, ficam por conta do Daniel Diges (Jean Valjean), Nando Pradho (Javert), Kacau Gomes (Fantine), Laura Lobo (Eponine), entre outros.

Em resumo, a peça é maravilhosa!!!!! (não consigo colocar exclamações o suficientes para mostrar minha satisfação)
Quem tiver a oportunidade, não deixe de ir!

Andréia Campos
19 de junho de 2017

Oleosidade no Cabelo Nunca Mais!

Beleza / Moda

Cabelo oleoso é um problema muito comum entre os brasileiros.
Em parte a culpa é da genética, mas na maioria dos casos o problema é do nosso clima!

Mas então isso significa que você não tem o que fazer? Ou que seu cabelo só vai melhorar se você mudar de país?
É claro que não!

Para controlar a oleosidade primeiro você precisa entender que a oleosidade é um processo natural da nossa pele e do couro cabeludo, que garante proteção e hidratação mínima ao corpo.

Se você tentar reduzir demais a oleosidade, seu corpo irá entender que você está com algum problema e que ele precisa produzir mais óleo para conseguir se proteger.
É o conhecido”efeito rebote“.

Mas se o seu couro cabeludo está produzindo óleo em excesso, apenas adequando seu modo de lavar os cabelos!

Para ver como eu controlei a minha oleosidade capilar, é só dar o play no vídeo abaixo.

 

Clique aqui para salvar este post no PinterestÉ possível controlar a oleosidade do cabelo apenas adequando seu modo de lavar os cabelos! http://petitandy.com

Andréia Campos
16 de junho de 2017

Reinventando a Jardineira

Beleza / Moda

Não sei como está o tempo onde você mora, mas aqui em São Paulo ele não se decide!
O dia começa nublado mas logo aparece um sol bem gostosinho e a gente se anima… só pra ver que está ventando um ar geladinho.

E aí, o que vestir?

Bom, eu decidi usar os dois climas em um!

Aqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.com
Fazia um certo tempo que eu não utilizava a minha jardineira jeans da Forever 21… por isso resolvi reinventar a peça com outras peças mais quentes.

O tom rosa queimado da blusa combina com o tom avermelhado da meia-fina, fazendo com que ambos fiquem bem neutros e a jardineira ganhou mais destaque!

Aqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comAqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comAqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.com

Falando na meia, eu adoro esse desenho. A cara da riqueza!
O nome dese estilo é “escocesa”, da linha da Loba. A minha é fio 70, assim dá para usar quando o tempo não está tão frio.

E a blusa vai até o quadril, o que garantiu que eu ficasse livre do vento gelado que entra pelos cortes da lateral da jardineira!

Aqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comAqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comAqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.com

Os detalhes neste look também tem seu charme!

Dois dos anéis escolhidos são mix de anéis.
Na mão esquerda coloquei apenas um, que contém 5 aros,  já na outra usei outro mix também com 5 aros, mas desta vez entrelaçados. Para completar, um solitário no anelar deu o charme!

Aqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comAqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.com

Agora podemos falar da bota? Podemos, né? Então tá!
Esta é uma das minhas botas mais antigas, e a minha favorita! Comprei em uma loja de rua, perto do shopping Paulista, e que bota confortável! Sem falar que é super versátil, amo mesmo!

Foco também nesta pose natural para mostrar os brincos… estes são da Givenchy.
Se você algum dia você for aos Estados Unidos não deixe de visitar uma loja Macys. Lá você vai encontrar produtos de marcas variadas com um preço mais amigável.
E esse brinco lindo nem parece que foi pechincha, né? Fica aqui o segredinho!

Aqui o clima não se decide... faz calor, venta frio. E aí, o que vestir? Eu decidi usar minha jardineira e misturar os dois climas! http://petitandy.comDe maquiagem decidi não usar base neste dia.
Por isso escolhi um pó compacto que me desse mais cobertura. Estou usando o da Mezzo Cosméticos, que além de ter uma cobertura super bacana, tem um cheirinho de bebê delicioso!

É claro que não deixaria minhas olheiras aparecerem livremente por aí, então as escondi com o corretivo paintpot da MAC.
Também estou usando o rímel à prova d’água da Vult, e o duo de sobrancelhas da Contém 1g.
O batom divo é o “maça do amor” (líquido) da Coleção Pausa Para Feminices para a Tracta.

Andréia Campos
Página 3 de 6712345
Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!