22 de fevereiro de 2016

Guia dos Chapéus Femininos: os Mais Utilizados (part. 1)

Beleza / Moda

Um Se tivesse que escolher apenas um objeto para dar vida a um look sem graça, seria um chapéu.

Infelizmente o acessório não é tão comum aqui no Brasil… o que realmente é uma pena.
Além de te proteger do  sol, ele pode te ajudar a esconder um bad hair day e dar vida a um look básico!

Que tal repensar o acessório?

Acho que o modo mais fácil de incluir o chapéu na sua vida é começando a entender um pouco mais sobre eles.
Como existem milhares de modelos e tipos, vamos focar apenas nos femininos mais utilizados, ok?

  • Clochê
    Um dos meus favoritos, este modelo nasceu entre a década de 20 e 30 quando as mulheres queriam chocar a sociedade (mais sobre esta época aqui). Ele é bem fácil de reconhecer por ter este formato bem característico, com as abas para baixo.
    Mesmo tendo se modernizado e agora existirem modelos com uma aparência bem urbana, ele continua dando um ar de muita feminilidade!
  • Fedora / Panamá
    Os estilos Fedora e Panamá são clássicos que se diferenciando mais pelo material (fedora é de feltro) do que pelo estilo.
    Ambos tem origem no guarda-roupa masculino, o que faz com que ele acrescente um lado boêmio ao seu look.

  • Floppy / Capeline
    Antigamente chamado de Capeline e atualmente conhecido como Floppy, ele já foi muito usado pelos hippies e ultimamente voltou a moda.
    Além de muito estiloso, por ter longas abas e normalmente mais flexíveis, ajudam a proteger do sol nos dias de verão. Mesmo estando em alta, acredito que é uma escolha para as mais corajosas, já que ele chama mais atenção do que os menores.

E vocês, já são adeptas do acessório no dia-a-dia?

Andréia Campos
Escreva seu Comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui
11 comentários
  1. Nusss eu adoro CHAPÉUS, mas infelizmente tenho poucos :/ Preciso atualizar eles ehehehe

    Blog: http://legalmeenteruiva.blogspot.com.br/

Petit Andy no YouTube. Se Inscreva!